BLOG DESTINADO A TREINADORES, JOGADORES, ARBITROS E DEMAIS AGENTES DESPORTIVOS LIGADOS AO HOQUEI EM PATINS. ESTE ESPAÇO TEM POR OBJECTIVO APRESENTAR E DISCUTIR TODOS OS ASSUNTOS LIGADOS Á MODALIDADE.O MEU E-MAIL É hoqueihoquei@sapo.pt

05
Jul 07
Olá amigos, como sabem há já algum tempo que este blog nasceu, 1 de Setembro de 2006, desde o principio que decidi manter o anonimato, o objectivo?, simples, não embarcar em protagonismos bacocos, sem vaidades ou procura de notabilidade apenas ser um espaço de todos para todos e confesso hoje aqui que este é apenas o segundo texto da minha autoria, todos os outros que aqui publiquei me foram enviados, uns com nome, outros em que os autores me têm pedido para não revelar a identidade, Tenho recebido visitas, e-mails, noticias, informações, criticas (até ás vezes de erros de português, tenho optado por não corrigir absolutamente nada uma vez que poderia parecer que me estaria a armar em qualquer coisa que não quero ser) e elogios.
Bom, mas porquê hoje este texto?, Porque acho que é tempo e até porque quis deixar assentar o pó depois da prestação menos positiva no Mundial, de vos convidar a reflectir comigo, assim:
1º - Porque estamos a perder clubes e atletas todos os dias?
2º - Porque há nalguns clubes a dificuldade de ter treinadores qualificados para as diferentes divisões?
3º - porque mantém a FPP uma atitude autista sobre tudo o que se passa no HP.
4º - Porque tivemos este resultado menos bom no Mundial?
Por hoje chegam estas 4 perguntas, com uma diferença, hoje não me vou fechar no lançar do tema, quero partilhar convosco a minha opinião, não é que conte muito mas também eu sou um agente da modalidade, fui federado 26 anos, passei por quatro clubes, fui dirigente de um clube e sou treinador com o nivelI, por isso julgo que também me é permitido opinar sobre o assunto.
1º- Segundo sei este ano desistiram, Salesiana, Sporting de Torres, Alverca, ouvi dizer que estão em vias de desistir, Campo de Ourique, Azeitonense e Estremoz, (se souberem de mais algum digam, já me mandaram mais estes Olhanense, Mourão, Galp energia) e ninguém faz nada para parar esta razia?, como é possível que os clubes se mantenham quando por exemplo um jogo na segunda divisão custa ao clube da casa mais de 500€ ?, eu não sei para onde vai o dinheiro ou se as taxas e os árbitros recebem assim tanto, mas, de uma coisa tenho a certeza assim matamos a modalidade, há dias assisti a um jogo num clube histórico de Lisboa e estavam 6 pessoas, comigo incluído. Há tempos recebi um e-mail de um amigo que me disse ter enviado para a federação uma proposta para realizar de forma gratuita uma publicação mensal(revista) só de hóquei em patins, com questões técnicas, entrevistas, formação, enfim, de tudo um pouco para distribuir pelos clubes a um preço simbólico de um euro, segundo fui informado a FPP nem se dignou responder.
2º - Porque não descentraliza a FPP a realização dos cursos de treinadores ou já se esqueceram que a nossa modalidade é amadora e que as pessoas trabalham e que não conseguem ter tempo e ás vezes capacidade financeira para frequentar os cursos, então a cobrar tanto dinheiro não podia a FPP realizar cursos gratuitos?
3º - Porque se escuda a FPP de que os regulamentos, alterações e outras coisas mais são da responsabilidade das associações, então porque não tomam a iniciativa, porque não convocam todos os clubes, treinadores e demais agentes para uma reunião magna?.
Pergunto, de quem foi a brilhante ideia desta alteração no modelo competitivo da segunda divisão?, mas é melhor! onde?, que necessidade há de fazer uma 3ª divisão assim?. Se alguém me quiser explicar aqui fico à espera.
4º - Caros amigos eu não me apressei nem apresso a atirar pedras, para mim o Paulo é um belíssimo treinador, admito que outros assim não pensem, mas, onde estão os Livramentos, Chanas, Rendeiros, Vítor Hugos ou Pedros Alves? isto só para citar alguns, os jogadores foram aqueles, mas podiam ter sido outros, eu até sou dos que teria levado alguns outros como o Filipe Santos, ou o Ricardo Barreiros, mas a questão não é essa, passa por uma questão de fundo, como está o nosso campeonato nacional, já viram?, já perceberam há quantos anos não nos impomos nas competições europeias, a selecção é apenas o reflexo de tudo isto, olhem para o F.C.Porto temos cá algum Pedro Gil, não quero menosprezar, de forma alguma os nossos jogadores, mas para mim esta é uma verdade que se constata, deixámo-nos dormir e, ou acordamos ou irremediavelmente perdemos o barco.
Como referi no principio, este texto é apenas a minha opinião, e vale o que vale…
Espero que agora não se acomodem vocês, venham dai opiniões!
Por fim gostaria de vos desafiar para que todos juntos, Árbitros, Jogadores, Dirigentes, Treinadores, FPP, Associações e demais interessados, de uma forma séria realizássemos um grande debate nacional que pudesse culminar numa assembleia geral extraordinária da federação onde fosse possível apresentar um documento que de facto nos permitisse reabilitar a modalidade sem asfixiar os clubes. CÁ FICO À ESPERA, abraços.
na Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007 às 13:24:
     

Acho que muita coisa deve ser questionada a começar pela formação, estive esta semana na reunião de clubes da APL e fiquei maravilhosamente surpreendido com o nº de clubes apresentados a sorteio em Juniores, Juvenis, Iniciados e Infantis mas em simultâneo apreensivo com a noticia de que a FPP mostrou um cartão "Azul" pelo facto de esta associação não estar a seguir o regulamento técnico-pedagógico , nomeadamente o artigo 60, o certo é que após ler o referido artigo compreendi que este não se enquadra na realidade social da APL e consequentemente acho que a FPP deve vir inteirar-se do que se passa e analisar se não é necessário alterar o referido regulamento.
Sobre os custos de organização dos jogos é impensável um clube de 2ª ou 3ª divisão pagar estes valores ainda para mais sabendo que os árbitros não ganham nem um terço do que é cobrado e creio que aos 500€ aqui mencionados ainda dever a acrescentar os custos do policiamento que variam conforme a patente dos agentes presentes aos jogos, a continuar assim mais clubes se iram juntar a estes desistentes ao longo do ano.
Sobre a 3ª Divisão... porque não fazer um campeonato distrital com custos mais reduzidos, as deslocações não sejam tão onerosas , com custos mais reduzidos a ser definidos pelas Associações e seus associados, neste caso os clubes participantes .
Foi só um pensamento, o certo é não podemos voltar a repetir o 6º lugar pois temos os nossos governantes de olho no que fazemos e j á fomos alertados através duma noticia publicada no jornal A BOLA (tive conhecimento desta na reunião da APL ) de que os dinheiros serão canalizados para as modalidades que apresentem resultados positivos, ora um 6º lugar e a ausência de clubes nas principais competições europeias pelas razões que tão bem sabemos, não serem a melhor forma de propagandear a nossa modalidade.

[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Acho que muita coisa deve ser questionada a começar pela formação, estive esta semana na reunião de clubes da APL e fiquei maravilhosamente surpreendido com o nº de clubes apresentados a sorteio em Juniores, Juvenis, Iniciados e Infantis mas em simultâneo apreensivo com a noticia de que a FPP mostrou um cartão "Azul" pelo facto de esta associação não estar a seguir o regulamento técnico-pedagógico , nomeadamente o artigo 60, o certo é que após ler o referido artigo compreendi que este não se enquadra na realidade social da APL e consequentemente acho que a FPP deve vir inteirar-se do que se passa e analisar se não é necessário alterar o referido regulamento. <BR>Sobre os custos de organização dos jogos é impensável um clube de 2ª ou 3ª divisão pagar estes valores ainda para mais sabendo que os árbitros não ganham nem um terço do que é cobrado e creio que aos 500€ aqui mencionados ainda dever a acrescentar os custos do policiamento que variam conforme a patente dos agentes presentes aos jogos, a continuar assim mais clubes se iram juntar a estes desistentes ao longo do ano. <BR>Sobre a 3ª Divisão... porque não fazer um campeonato distrital com custos mais reduzidos, as deslocações não sejam tão onerosas , com custos mais reduzidos a ser definidos pelas Associações e seus associados, neste caso os clubes participantes . <BR>Foi só um pensamento, o certo é não podemos voltar a repetir o 6º lugar pois temos os nossos governantes de olho no que fazemos e j á fomos alertados através duma noticia publicada no jornal A BOLA (tive conhecimento desta na reunião da APL ) de que os dinheiros serão canalizados para as modalidades que apresentem resultados positivos, ora um 6º lugar e a ausência de clubes nas principais competições europeias pelas razões que tão bem sabemos, não serem a melhor forma de propagandear a nossa modalidade. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Á</A> que reflectir para melhorar e esse papel cabe á s Associações e particularmente á Federação. <BR>Abraço,
 
   
publicado por tecnico-tactica-hoquei às 10:15

Amigos
Há mais clubes que desistiram . como por exemplo o Ginásio Olhanense .
Concordo contudo a FPP está a assassinar o Hóquei , dou só o exemplo
ridículo da III Divisão , de acordo com o planeamento para a época 2007/2008
, acabar em Fevereiro , assim qual é o clube que se increve , práticamente
sem competição e a pagar um balúrdio em taxas . Na minha opinão a III
divisão deve ter em cada série um mínimo de 14 clubes . Se o problema é
dinheiro e portanto a FPP não faz mais nada a não ser explorar aqueles que
são a vida do Hóquei , os clubes , então podem escolher outros caminhos ,
como é investir no marketing e no merchadeising , resolvendo assim 2 coisas
, o problema económico da FPP e Associações e a outra é investir na
divulgação da modalidade apoiando os clubes e não massacrando-os .

Cumprimentos

Rinito
tecnico-tactica-hoquei a 9 de Julho de 2007 às 08:09

Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO